Search  | Mapa do site | Register | Login
RootPós-graduaçãoLato SensuMBA - Gestão de Negócios Sustentáveis
    
Gestão de Negócios Sustentáveis
Os Cursos coordenados pelo LATEC têm por objetivo ampliar a competência gerencial do profissional, relacionado temas específicos sobre sustentabilidade nos negócios com os níveis estratégico, tático e operacional da organização.

O MBA em Gestão de Negócios Sustentáveis busca a redução de impactos socioambientais e melhoria da qualidade de produtos e serviços, como também o maior equilíbrio entre conhecimento técnico e habilidades interpessoais

A Coordenação do LATEC orienta os docentes para o processo de aprendizagem compartilhada, onde os alunos trocam experiências e discutem casos reais em sala de aula.

  • Baseado nos conceitos do Desenvolvimento Sustentável, o programa aborda a Gestão Ambiental, a Saúde e Segurança Ocupacional e a Responsabilida
  • Desenvolvimento em SMS e Fundamentos do GRI (Global Reporting Initiative)
  • de Social Corporativa

Características inseridas nos cursos de pós-graduação Lato Sensu gerenciados pelo LATEC:
  • Integração em atividades acadêmicas de pesquisa e;
  • Acesso a profissionais de docência e pesquisa que podem agregar valor a seu Curriculum.

A grande mudança nas organizações modernas tem consistido na busca das condições ideais para o desenvolvimento responsável e sustentável. Novos rumos precisam ser conferidos aos negócios e novas perspectivas se abrem para as diferentes carreiras.

Profissionais com formação estritamente técnica não suprem totalmente a demanda de empresas que procuram líderes e empreendedores para este momento de constante transformação.

Áreas de trabalho, como a gestão socioambiental, demandam um profissional que tenha ao mesmo tempo a capacidade técnica de avaliação e a habilidade para os negócios, já que a incorporação da responsabilidade socioambiental aos negócios deixou de ser apenas o atendimento aos requisitos legais, representando as expectativas de consumidores e comunidades cada vez mais atentos à qualidade ambiental e social de produtos e serviços.

A busca por lucratividade baseada em processos sustentáveis visa ao equilíbrio entre três pilares - ambiental, econômico e social, para obter bons negócios. Em uma gestão responsável é necessário que as práticas sustentáveis sejam multiplicadas entre todos os envolvidos: Fornecedores, parceiros, clientes e até mesmo consumidores e governos.

Todos devem estar comprometidos com a causa. 

A sustentabilidade exige a convergência de mercados em busca de objetivos comuns, buscando ações e ferramentas que contribuam para essa integração. Apostar em sustentabilidade é investimento e não despesa, tanto para empresas privadas como para o setor público, todos sairão beneficiados. 

Do lado corporativo, além de fortalecer as estruturas da empresa no mercado, oferecendo credibilidade e confiabilidade à marca, a visão sustentável também auxilia a companhia na aquisição de créditos e contribui com a eficiência do negócio, gerando maior lucratividade.

Alguns fatos do mercado mundial também já demonstram algumas mudanças significativas. Por exemplo, as principais bolsas de valores do mundo, incluindo a BMF&Bovespa, possuem índices diferenciados para os negócios sustentáveis e suas ações têm mostrado uma estabilidade maior do que as outras, mesmo em tempos de crise. Os bancos de varejo disputam a posição do “mais sustentável”, afinal, esse valor significa ainda mais segurança no longo prazo. 

No Brasil, o investimento em controle ambiental das indústrias passou de R$ 2,2 bilhões, em 1997, para R$ 4,1 bilhões, em 2002, dados da Pesquisa Industrial Anual (PIA-empresa). Foram consideradas, além da aquisição de máquinas indústrias que incorporam a concepção de tecnologia limpa, a aquisição de equipamentos, obras com estação de tratamento e gastos para colocar esses itens em funcionamento. 

Cada vez mais, é preciso estar atento aos novos nichos de mercado. Principalmente em tempos de crise, os negócios “verdes” podem gerar grandes oportunidades de negócio. A ONU estima que a economia “verde” deverá contribuir, no mundo, com mais de 20 milhões de empregos até 2030. Esperamos que essas estimativas cresçam ainda mais e que, com uma maior consciência, possamos romper com o atual processo de desenvolvimento a qualquer custo para alcançar o desenvolvimento sustentável.

A premissa do Desenvolvimento Sustentável é gerar uma relação de harmonia entre os agentes econômicos, ambientais e sociais. Resumidamente, podemos considerar como um modelo de crescimento empresarial, sem exclusão social e com respeito ao meio ambiente.

Dependente de diversos fatores como Estado, cidadãos e empresários, a sustentabilidade é um fator de sobrevivência às grandes corporações e seu vértice apoia-se nas variáveis social, política, ambiental e ética.

A Gestão Sustentável objetiva o fim do desperdício de investimentos, matérias-primas, energia e talento humano, sem a transferência futura de custos exponenciais, capazes de invalidar as conquistas do presente.

Mais do que conhecimento técnico, o profissional responsável pelo desenvolvimento da sustentabilidade de uma organização tem que possuir, acima de tudo:

  • Visão Empresarial;
  • Foco no Negócio e suas tipicidades;
  • Pró-atividade diante dos riscos;
  • Conhecimento de sistemas de gestão, atuação responsável, gerenciamento de riscos e ativos e demais ações / ferramentas que conduzam ao desenvolvimento sustentável.

Dirigido a executivos e profissionais com graduação plena, que exerçam ou possuam potencial para o Gerenciamento de Organizações com foco na “Empresa Sustentável”.

O curso será desenvolvido de forma intensiva com aulas expositivas e práticas apoiadas por recursos audiovisuais, bem como através de trabalhos em grupo.

Estudos de casos, apresentações, discussões das resoluções, dinâmicas e filmes didáticos serão utilizados para garantir a consolidação do aprendizado.

O aluno terá acesso aos laboratórios da universidade, além dos recursos materiais e técnicos oferecidos pela UFF.

O curso poderá ser ministrado no Rio e/ou Niterói, semanalmente aos sábados, das 8h às 17h com carga horária total de 360 horas-aula.

  • Estratégica Empresarial com foco na Sustentabilidade
  • Educação Ambiental
  • Ética, Responsabilidade Social e Sustentabilidade
  • Gestão de Resíduos e Água
  • Direito e Legislação Ambiental
  • Liderança Sustentável
  • Sistema de Gestão Ambiental
  • Avaliação de Impacto Ambiental
  • Gestão Financeira e Análise de Riscos Empresariais
  • Economia e Meio Ambiente
  • Auditoria Interna em SGI
  • Oficina de GRI
  • Sustentabilidade e Inovação Tecnológica
  • Produção Limpa  
  • Eficiência Energética
  • Construção e Urbanismo Sustentável
  • Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional
  • Gerenciamento de Riscos Sócioambientais
  • Consumo Sustentável
  • Cadeias de Suprimentos Sustentáveis
  • Gestão de Projetos para a Sustentabilidade
  • Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia)
     

 

  • Antônio Carlos de Freitas Gusmão, Bacharel em Direito, Cândido Mendes; Pós-Graduação em Especialização em Educação para Gestão Ambiental, UERJ; Mestre em Controle da Poluição Urbana e Industrial e Saneamento Básico, UERJ.
  • Bianca Amorim dos Santos, Mestranda em Sistemas de Gestão (Qualidade, Meio Ambiente e Saúde e Segu
  • Alexandre Pessoa Dias, Mestrado em Engenharia Ambiental (UERJ), Pós Graduação em Saneamento e Controle Ambiental (FIOCRUZ), Pós Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental pela UERJ.
  • rança), com foco em Responsabilidade Social e Sustentabilidade Corporativa, pelo LATEC/UFF-RJ. Coach formada pelo Instituto Brasileiro de Coaching, com Certificação Internacional pelo GCC - Global Coaching Community (Alemanha), ECA - European Coaching Association (Alemanha/ Brasil), e Metaforum Internacional - Akademie Für Kompetenzentwicklung (Itália/Alemanha/Brasil) - Professional e Self Coaching (2011). Pós-graduação em Desenvolvimento Avançado para Executivos: Sistema de Responsabilidade Social Empresarial e Terceiro Setor, pelo LATEC/UFF-RJ (2007). Bacharel e Licenciada em Letras (Português e Literatura), pela Universidade Gama Filho (2004).
  • Carlos Roberto Coutinho de Souza, Mestre em Sistemas de Gestão UFF; Eng. De Segurança do Trabalho.
  • Cid Alledi Filho, Administrador de empresas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Mestre em Sistemas de Gestão pela Universidade Federal Fluminense. Professor de disciplinas ligadas à ética nos negócios, responsabilidade social e sustentabilidade na UFF, UFRJ, UNICAMP, UniEthos, CHESF, Inmetro e Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis, dentre outras organizações.
  • Dilma Pimentel, Especialista em Gestão de Negócios Sustentáveis, UFF e Educação, PUC; Mestre em Sistemas Integrados de Gestão, UFF.
  • Gilson Brito Alves Lima, Doutorado em Engenharia de Produção pela COPPE/UFRJ e Mestrado em Engenharia Civil pela UFF.
  • Helder Gomes Costa, Doutorado e Mestrado em Engenharia Mecânica pela PUC-RJ.
  • Hermes Cupolillo Simões, Mestre em Sistemas de Gestão, UFF, LATEC; Consultor.
  • Ivan José Couto Esteves Junior, Consultor; Mestre em Engenharia de Produção, UFF. 
  • José Francisco Ramos Zanca, Mestre em Engenharia de Produção, UFF; Doutor em Engenharia com ênfase em Gestão e Desenvolvimento Sustentável, UFF.
  • José Rodrigues de Farias Filho, Doutor em Eng. de Produção, UFRJ; Engenheiro; Docente, UFF.  
  • Júlio Vieira Neto, Doutor em Engenharia, UFF; Mestre em Sistema de Gestão, UFF.
  • Letícia Helena Medeiros Veloso, Professora Adjunta do Departamento de Sociologia da Universidade Federal Fluminense. Professora do Mestrado Profissional em Sistemas de Gestão (MSG), do Programa de Doutorado Em Sistemas de Gestão Sustentáveis (PPSIG) e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito (PPGSD)da mesma universidade. Possui Mestrado (1997) e Doutorado (2003) em Antropologia pela Universidade de Chicago, EUA. Foi bolsista do programa "Jovem Cientista do Nosso Estado", da FAPERJ e bolsista de pós-doutorado/professora associada (PRODOC) do IESP-UERJ (Sociologia). Atualmente vem atuando nas áreas de antropologia e sociologia das empresas, sustentabilidade e responsabilidade sócio-ambiental, globalização, empreendedorismo, consumo, e estudos de ciência e tecnologia (science and technology studies); estes últimos, desenvolvidos em parceria com a Universidade de Sydney (Austrália) e a Universidade do Arizona (E.U.A)
  • Luis Perez Zotes, Doutor em Engenharia de Produção pela COPPE/UFRJ e Mestre em Engenharia Civil, UFF; Docente UFF. 
  • Marcelo Jasmim Meiriño, Arquiteto, Mestre em Engenharia Civil, Consultor, Doutor em Engenharia, UFF.
  • Márcio Zamboti Fortes, Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Severino Sombra (1991), Especialização em Manutenção pela UFRJ/UPADI (1999), MBA em Gestão de Negócios (IBMEC-2009), Mestrado em Engenharia de Energia pela Universidade Federal de Itajubá (2000) e Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo (2007).
  • Martius Vicente Rodrigues Y Rodrigues, Doutor em Gestão Tecnológica, COPPE/UFRJ, Examinador Senior e Instrutor da FPNQ 2002.
  • Paulo Roberto Pfeil, Doutorado em Engenharia de Produção pela Coordenação dos Programas de Pós-graduação de Engenharia (COPPE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006).
  • Roberto Guimarães Pereira, Graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Gama Filho (1982); Mestre e Doutor em Engenharia Mecânica, PUC/RJ; Professor associado UFF. Tem experiência na área de Reologia, Energia e Meio Ambiente, atuando principalmente nos seguintes temas: caracterização reológica e físico-química de materiais, obtenção e caracterização de biocombustíveis, geração de energia e avaliação de emissões utilizando biocombustíveis, aproveitamento de biomassas e resíduos e energia solar.
  • Sérgio Luiz Braga França, Engenheiro; Doutor em Engenharia Civil, UFF; Esp. em Eng. de Segurança do Trabalho,UFF; Docente UFF.
  • Sérgio Ricardo da Silveira Barros, Economista com Pós-Doutorado em Sistemas de Gestão pelo LATEC/ UFF; Professor Adjunto do Departamento de Análise Geoambiental da UFF e do Mestrado em Sistemas de Gestão/LATEC-UFF na área de Gestão Ambiental.Doutorado em Geografia pela UFF na área de Ordenamento Territorial e Ambiental, Mestrado em Ciência Ambiental - PGCA pela UFF em Gestão Ambiental.
  • Sorean Thomé, Esp. Relações Jurídicas do Trabalho; Esp. em Legislação Trabalhista.
  • Vânia Marques, Mestre em Ciência Ambiental, UFF; Doutoranda em Engenharia, UFF.
  • Wanise Cabral Silva, Graduação em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (1998), Mestrado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002) e Doutorado em Direito pela Universidade Gama Filho (2006). 

O Certificado de Especialista será emitido pela Universidade Federal Fluminense para todos os alunos que tiverem frequência mínima de 75% e nota igual ou superior a 7 (sete) em cada disciplina e no Trabalho Final de Curso.  Após a conclusão das aulas, o aluno terá 4 (quatro) meses para apresentação do Trabalho Final de Curso.

O material didático das diversas disciplinas do curso será disponibilizado no site, com acesso individual através de nome de usuário e senha pessoais.

  • 2 Cópias do Diploma de Graduação Plena reconhecida pelo MEC ou Declaração de Conclusäo de Curso com data da colaçäo de Grau
  • 1 Cópia do Curriculum Vitae
  • 2 Cópias da Identidade e CPF
  • 3 Fotos 3x4
  • Pagamento de taxa de inscrição

       Obs: As turmas têm início somente à medida que o número de inscrições garanta a realização do curso com número suficiente de alunos.

** Este curso de pós-graduação é cadastrado no MEC segundo a Resolução CNE/CES nº 1/2001. A matrícula nos cursos é limitada a portadores de diploma de licenciatura plena ou bacharelado, obtido em instituições de ensino superior reconhecidas pelo MEC.

        
Atalhos
 
        
Acesso rápido
 
Pré-inscrição online.
 

Pré-inscrições abertas para todos os cursos; faça já a sua.

        
Contatos
 

[ mba2@latec.uff.br ]
Secretaria do Curso
Telefone: (21) 2629-5610
        

Escola de Engenharia da Universidade Federal Fluminense